Aero Latam

Aeoromar, a companhia aérea que não parou de voar

Diante do flagelo causado pelo Coronavirus, empresa mexicana viu uma oportunidade em expandir seus negócios e não parou de voar. Pelo contrário, lançou novidades para o setor.

 

Por Florencia Lucero Heguy

 

A companhia aérea mexicana Aeromar foi a única no país que não parou de voar nos tempos do Covid-19. Antes da pandemia, operava em média 70 voos por dia, com uma frota de três turboélice ATR 42 e sete ATR 72-600.

Para manter suas operações, a Aeromar precisou tomar medidas muito rigorosas.

Além de estarem em conformidade com os protocolos internacionais de saúde pública, reforçaram os controles internos para garantir a eficácia das medidas de contenção e proteger a saúde de todas as pessoas a bordo.

A empresa reduziu pela metade a capacidade interna dos voos para que os passageiros se sentissem seguros, deixando um metro de distância entre eles, além de outras medidas, como alterações nos dias das viagens sem custo em voos regulares. Da mesma forma, a frota passou a ser submetida a rotinas diárias de limpeza e, no serviço de bordo, a tripulação possui protocolos de segurança e proteção, com a entrega de alimentos selados e fáceis de manusear.

A Aeromar está tomando várias medidas para aliviar a crise, fornecendo equipamentos de proteção e limpeza, higienizando as suas instalações com cloro e mantendo 70% do quadro de funcionários em Home Office.

Uma das vantagens é que sua frota de ATR é de 48 e 72 passageiros, o que permite que 20 ou 30 passageiros representem 50% da ocupação.

Apesar da queda na demanda, a companhia continua com importante abrangência no país, mantendo 18 dos 26 destinos da sua malha.

Por outro lado, a empresa está estudando a implantação de um programa de compra antecipada de longo prazo, o passaporte Aeromar, com o qual o viajante pode voar quantas vezes quiser no restante do ano por um único valor.

Além disso, planeja começar com um avião inicialmente o serviço de cargas com uma operação entre Cuba e Miami fazendo escala no México. Em curto prazo, essa frota pode ser expandida para quatro aviões. Por fim, abriram o serviço de manutenção, antes restrito aos seus próprios aviões, para atender empresas estrangeiras.

 

 

Herois com capa

Durante a pandemia, médicos tem acesso gratuito aos voos para que mais ajuda possa chegar aos locais que precisam. Batizada de Heróis com Capa, o objetivo é transportar esses profissionais para qualquer estado do México, bastando apenas apresentarem uma carta do hospital em que trabalham e uma cópia de sua licença profissional. Da mesma forma, há um serviço de carga aérea em todas as rotas, aproximando os laboratórios do Ministério da Saúde e fazendo o transporte aéreo necessário.

Por fim, uma vez superada a contingência em saúde do Covid-19, a Aeromar vai abrir nove rotas, oito no interior do país e uma para Laredo, Texas, bem como fará o início do serviço de transporte de carga. A rota internacional já foi anunciada antes da pandemia, mas teve que ser adiada, e as rotas nacionais estão em análise.